Contos, livros e poesias, poemas, poesia, poetas

Amor Inventado

Um dia pensei está sonhando,
Que adorava e era adorado.

Sonhava em conhecer e provar,
Depois de tanto tentar.

Queria um beijo roubar,
As mãos segurar.

E uma vida diferente iniciar,
Mais no fim, só era armação.

Não enxergava a verdadeira versão,
O prêmio foi uma grande alucinação.

O conto terminou em lágrimas,
E a moral foi a ilusão.

Tudo não passava de uma falsificação,
O sentimento, era apenas uma invenção.


_ Mary Cast

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s